abril

ROTEIRO DA LIBERDADE – ESPAÇOS DE RESISTÊNCIA E OPRESSÃO

Notícias

  • Roteiro da Liberdade – dia 24 de abril

    Roteiro da Liberdade – dia 24 de abril

    Apesar da chuva e do vento, as iniciativas programadas para o dia 24 de abril foram realizadas. Os nossos alunos foram espetaculares e estamos certos que a Revolução comemora-se assim, com alegria, com história e com criatividade. Ao longo do dia foram realizadas diversas atividades alusivas ao 25 de abril e à liberdade, dentro e fora […]Ler mais »
  • Comemorações dos 45 anos da Revolução do 25 de Abril

    Comemorações dos 45 anos da Revolução do 25 de Abril

    O Agrupamento de Escolas Tomás Cabreira associa-se às comemorações dos 45 anos da Revolução do 25 de Abril com um programa criado pelos nossos alunos para a nossa comunidade escolar e local. Veja aqui o programa oficial.Ler mais »

Projeto: Roteiro da Liberdade – Espaços de Resistência e opressão na cidade de Faro

Este projeto visa assinalar os 45 anos da Revolução do 25 de Abril, a partir da recuperação das memórias de habitantes de Faro, a quem serão feitas entrevistas, e de pesquisas bibliográficas, revisitando-se alguns locais da cidade, carregados de história, que organizámos em espaços de opressão e espaços de resistência.

Cada local, previamente identificado, foi atribuído a uma turma da Escola Secundária Tomás Cabreira aderente ao projeto.

Com referência ao programa de flexibilização e autonomia curricular, ao nível das turmas do 1º ano do ensino profissional, a coordenação das atividades é da responsabilidade do professor de Área de Integração e no 10.º ano do Diretor de Turma, coadjuvados pelos restantes docentes dos conselhos de turma. Apesar do projeto ser aglutinador, cada turma desenvolverá o seu próprio subprojeto, com referência aos documentos produzidos pelo agrupamento. Participam ainda turmas do 2º e 3º anos dos cursos profissionais.

O produto final assenta na dinamização de um roteiro pelos locais investigados.

Metodologia de trabalho

  1. Cada turma investiga o seu espaço
    1. Fontes orais (ver lista de nomes a contactar, podendo os alunos descobrir dentro das suas famílias e conhecidos outras)
    2. Fontes documentais (imprensa da época – Biblioteca Municipal, Arquivo Municipal, Jornal do Algarve
  2. Construção de uma narrativa escrita sobre o espaço, com, por exemplo, os seguintes elementos:
    1. Nome à época (25 de Abril de 1974)
    2. Período de funcionamento (quando foi criado…)
    3. Local (nome da rua, porta, andar…)
    4. Atividades a que se destinava
    5. Depoimentos (histórias de vida que se cruzem com o espaço e que lhe imprimam vida)
    6. Fotografias à época (25 de Abril de 1974)
abril © 2018